Educação - CAAPA - Autismo

Educação Infantil

A proposta da Educação Infantil do CAAPA tem fundamentação teórica para o trabalho com os alunos que se enquadram no Transtorno do Espectro Autista e que necessitam de apoio da escola de Educação Especial da APAE.
O processo educativo desse alunado depende do atendimento educacional especializado, onde se usam metodologias adequadas às necessidades específicas dessas pessoas e o envolvimento sistemático de seus familiares.
Usa-se como base metodológica a filosofia do Currículo Funcional Natural que tem como premissa facilitar o desenvolvimento de habilidades essenciais a participação em uma grande variedade de ambientes, integrados (domésticos e comunidade).
O Currículo Funcional Natural é mais que ações isoladas. É um conjunto de instruções e informações que reúnem não apenas uma prática a ser desenvolvida em sala de aula, como também uma filosofia e um conjunto de procedimentos.
De acordo com Leblanc (1992), um currículo desenhado para desenvolver ao máximo as potencialidades de uma pessoa com necessidades educacionais especiais deveria ser um conjunto dos objetivos a ensinar e procedimentos de como ensinar.

Objetivo Geral

Desenvolver a criança de 0 a 6 anos de idade, em seus aspectos físicos, psicológicos, intelectual e social, por meio de atividades educacionais, tendo o brincar como forma de construção e expressão do pensamento e desenvolvimento das habilidades / competências, das capacidades de apropriação e conhecimento das potencialidades.

Objetivos Específicos

• Desenvolver uma linguagem positiva de si, atuando de forma cada vez mais independente, com confiança em suas capacidades;

• Brincar expressando emoções, sentimentos, desejos e necessidades;

• Utilizar diversas linguagens (verbal, gráfica, corporal, musical, matemática), como expressão de ideias, necessidades;

• Vivenciar aspectos diversos da realidade por meio de brincadeiras e demais formas de expressão;

• Vivenciar para construir hipóteses em relação à escrita, reconhecendo a função social da mesma;

• Vivenciar no dia a dia, os conhecimentos adquiridos na escola;

• Participar, cooperar e conviver;

• Demonstrar perda gradativa do egocentrismo;

• Descobrir e conhecer gradativamente o seu próprio corpo, suas potencialidades e limites desenvolvendo e valorizando hábitos de cuidados com a própria saúde e bem estar;

• Controlar, dominar o seu corpo em atividades de cooperação com dinâmica geral e específica;

• Aceitar regras, limites e organização;

• Oportunizar ao aluno o desenvolvimento de habilidades nas áreas: motora, psicomotora, comunicação, autonomia, vida familiar, vida social e conhecimentos acadêmicos.

• Oferecer atendimento multidisciplinar com adaptações significativas, visando o desenvolvimento global;

• Integrar o conhecimento com a equipe multidisciplinar que presta atendimento ao aluno, traçando condutas terapêuticas em caso de necessidade específica de cada aluno.

Fotos - Educação Infantil